Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021: um apelo a conversão.

“O diálogo não pode se reduzir a formalidades, mas um estilo de vida” (Pe. Patriky, Secretário da CF 2021, CNBB).

Por Diác. Jose Wilson Alves de L. Silva[1]

A Campanha da Fraternidade é um sopro do Espirito Santo, que nos ajuda a fazer na igreja e no mundo, nova todas as coisas (Ap 2, 5). Logo a Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2021, é o meio pelo qual as igrejas Cristãs reunidas pelo CONIC convocam a comunidade cristã e as pessoas de boa vontade a se reunirem, como numa ciranda, onde há espaço para todos e todas que estão dispostos a pôr-se a serviço do próximo, superando ódio, exclusivismo, preconceitos e exclusões (CFE 2021, item 126).

Esta é a 5ª CFE, que tem como Tema: FRATERNIDADE E DILAOGO: COMPROMISSO DE AMOR e, Lema: CRISTO É NOSSA PAZ:  DO QUE ERA DIVIDO, FEZ UMA UNIDADE (Ef 2,14). O texto base, com linguagem bem acessível e de fácil compreensão, traz realidades concretas vividas pelas populações a saber: agricultores, quilombolas, indígenas, comunidades GLBT, mulheres, jovens, negros e religiões não cristãs, como provocação a nossa pratica cristã e os ideais versados em Jesus Cristo.

A Diocese de Bragança do Pará, não estando indiferente a convocação da Igreja no Brasil, realizou curso para sensibilizar os agentes de pastorais e movimentos eclesiais para o engajamento no período quaresmal como ponto forte da campanha da fraternidade, um itinerário de conversão pessoal e pastoral.

Foram realizados quatro encontros virtuais que atendeu as quatro regiões episcopais da Diocese de Bragança do Pará, nos períodos de 28 a 30/01/2021. A atividade formativa, contou com o auxílio da Pastoral da Comunicação Diocesana e da Secretaria de Pastoral da Diocese de Bragança; e as palestras foram desenvolvidas pelo Diácono Permanente José Wilson Alves de L. Silva, da Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus – Paragominas-PA.

Foramação realizada na noite de 30 de janeiro, para agentes da Região Episcopal Dom Eliseu/ Foto: Divulgação/Meet

Foram apresentados documentos subscritos por São Paulo VI: Unitatis Reintegratio (1964) e Nostra Aetate (1965); os subscritos por São João Paulo II: Documento Batismo Eucaristia Ministério (celebrado no âmbito do Conselho Mundial de Igrejas Cristãs em 1982) e Tercio Millenium Adveniente (2000); os documentos subscritos pelo Papa Francisco: Evangelii Gaudium (2013), Laudato Si (2015) e Fratelli Tuti (2020), bem como o texto base da CFE 2021.

Durante o evento online, se pode debruçar sobre os desafios de se testemunhar Jesus Cristo, num mundo cada vez mais polarizado (CFE 2021, item 3); da conversão pastoral (CNBB, doc. 63), sobre a reflexão da importância de se derrubar muros e a limpar os entulhos que prejudicam o diálogo e a convivência amorosa (CFE 2021, p.77).

Como orientação, as paróquias estariam livres para diante da realidade pastoral e social concreta, estruturar a replicação da formação e das ações práticas no âmbito paroquial, envolvendo as pastorais e os párocos.

O material foi organizado e colocado a disposição dos participantes e de todos os interessados, inclusive com a disponibilização de dois vídeos postados na página do Youtube da Pastoral da Comunicação da Diocese de Bragança, ambos realizados na manhã e noite do sábado do dia 30/01/2021, proporcionando aos que quiserem rever de utilizá-los como subsidio nas sucessivas formações.

Avalia-se, que mesmo com as limitações tecnológicas e da não boa qualidade de internet nas várias paroquias, foi muito positivo a iniciativa, contudo, foi muito presente a insegurança em colocar em pratica a CFE visto que as paróquias não têm nenhuma proximidade com o tema, bem como, há receios e inseguranças em relação aos cristãos de outras igrejas.

Mas se espera que a CFE seja realizada em todas as paróquias e que se consiga alcançar o objetivo: de termos um diálogo com todos os crentes em Jesus Cristo e as pessoas de boa vontade, como quem vive um estilo de vida, um jeito de ser!!! Superando diferenças, discriminações, ódio, inseguranças, violências e medo.

---------------

[1] Advogado, graduado em direito, gestão empresarial e licenciatura em biologia, especialista em economia solidária. Exerce a diaconia na Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus – Paragominas-PA, membro da Coordenação Diocesana de Pastoral.

Dúvidas? Entre em contato
91 3425-1108

Praça da Catedral, n° 368. Centro. Bragança-Pará.

secretario@diocesedebragancapa.org.br

Boletim de Notícias

Deixe seu e-mail para ser avisado de novas publicações