Serviço Diocesano de Proteção das Crianças, Adolescentes e de Pessoas Vulneráveis

Papa dedica livro às crianças: frases e desenhos mostram o caminho da  tolerância e da paz - Vatican News

Fonte da imagem: www.vaticannews.va/pt

 

DIOCESE DE BRAGANÇA DO PARÁ

SERVIÇO DE PROTEÇÃO DE CRIANÇAS, ADOLESCENTES E PESSOAS VULNERÁVEIS

 O Serviço de Proteção nasceu na Diocese de Bragança do Pará em obediência e comunhão às orientações do Sumo Pontífice Francisco à Igreja, através da Carta Apostólica VOS ESTIS LUX MUNDI convidando todos os fiéis, iluminados por Jesus Cristo, “ser exemplo luminoso de virtude, integridade e santidade”.

Como cristãos batizados: presbíteros, diáconos, religiosas e religiosos, leigos e leigas, somos chamados a unirmos esforços na prevenção das violências de abuso sexual e proteção das crianças, adolescentes e pessoas vulneráveis no âmbito das atividades realizadas dentro das Instituições eclesiais da Diocese de Bragança do Pará.

As primeiras reuniões para articulação dos membros, que voluntariamente aceitaram a missão do Serviço de Proteção, aconteceram em meados do segundo semestre do ano de 2021 com o convite oficial do Bispo Dom Jesus Maria Cizaurre Berdonces. No dia 31 de maio de 2022 foi emitido o Decreto Diocesano de Instalação do Serviço de Proteção de Crianças, Adolescentes e Pessoas Vulneráveis, formado por profissionais em diversas áreas: Ana Cristina de Quadros Rodrigues – Psicóloga, Ir. Sônia do Socorro Leal Bueno (Assistente Social), Natalina do Socorro Almeida Kato (Assistente Social), Vanilzo Sousa de Brito (Pedagogo), Ir. Rosalva Cardoso Pinheiro (Bacharel em Direito) e Ir. Alcilene de Lima Silva (Teóloga).

A Equipe do Serviço de Proteção, após participação em cursos e formações ministrados pelo Núcleo Lux Mundi, começou a elaboração das Diretrizes Diocesanas que foram submetidas a aprovação dos Bispos da Diocese de Bragança, do núcleo Lux Mundi e dos membros que compõe o Serviço de Proteção da Diocese. As Diretrizes Diocesanas do Serviço de Proteção são normas que têm por objetivo “prevenir o abuso sexual, acolher e escutar as vítimas, bem como os acusados, promovendo ambientes seguros nas nossas instituições eclesiais e evitar o acobertamento dos casos de abuso sexual. Segundo o Papa Francisco, Deus espera de nós ações concretas e efetivas” (DDSPCAPV, Premissa). Todos poderão e deverão ter acesso as Diretrizes para que juntos, possamos assumir medidas de prevenção assumindo ações prudentes e íntegras na condução dos trabalhos pastorais e diversas missões que envolvam crianças, adolescentes e pessoas vulneráveis.

Portanto, como nos lembra o Papa Francisco, "a proteção das crianças, dos adolescentes e das pessoas vulneráveis fazem parte integrante da mensagem evangélica que a Igreja e todos os seus membros são chamados a espalhar pelo mundo, o próprio Cristo confiou-nos o cuidado e a proteção dos pequeninos e indefesos: «Quem receber um menino como este, em meu nome, é a mim que o recebe» (Mt18,5).” (DDSPCAPV, Art.22º). Sigamos com zelo, fidelidade e determinação nossa missão na Igreja!

 

Para contatos com o Serviço de Proteção, disponibilizamos:

Telefone: (91) 9 8487-0451 (WhatsApp)

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Baixe aqui os documentos diocesanos sobre o Serviço de Proteção:

- Decreto de Instalação do Serviço de Proteção (CLIQUE AQUI)

- Diretrizes Diocesana do Serviço de Proteção (CLIQUE AQUI)

 

Disponibilizamos os links para aceso aos documentos da Igreja e PDF das Diretrizes e do Decreto Diocesano:

CARTA APOSTÓLICA SOB FORMA DE «MOTU PROPRIO» VOS ESTIS LUX MUNDI DO SUMO PONTÍFICE FRANCISCO, SOBRE A PROTEÇÃO DOS MENORES E DAS PESSOAS VULNERÁVEIS.

https://www.vatican.va/content/francesco/pt/motu_proprio/documents/papa-francesco-motu-proprio-20190326_latutela-deiminori.html

 

CONGREGAÇÃO PARA A DOUTRINA DA FÉ VADEMECUM SOBRE ALGUNS PONTOS DE PROCEDIMENTO NO TRATAMENTO DOS CASOS DE ABUSO SEXUAL DE MENORES COMETIDOS POR CLÉRIGOS.

https://www.vatican.va/roman_curia/congregations/cfaith/documents/rc_con_cfaith_doc_20200716_vademecum-casi-abuso_po.html

 

CARTA APOSTÓLICA SOB FORMA DE «MOTU PROPRIO» SACRAMENTORUM SANCTITATIS TUTELA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II. NORMAS SOBRE OS DELITOS MAIS GRAVES DE COMPETÊNCIA DA CONGREGAÇÃO PARA A DOUTRINA DA FÉ.

https://www.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/motu_proprio/documents/hf_jp-ii_motu-proprio_20020110_sacramentorum-sanctitatis-tutela.html

 

CÓDIGO DE DIREITO CANÔNICO

https://www.vatican.va/archive/cod-iuris-canonici/portuguese/codex-iuris-canonici_po.pdf

Dúvidas? Entre em contato
91 3425-1108

Praça da Catedral, n° 368. Centro. Bragança-Pará.

secretario@diocesedebragancapa.org.br

Boletim de Notícias

Deixe seu e-mail para ser avisado de novas publicações